DA PREGUICA COMO METODO DE TRABALHO

( 0,00 )
Autor: MARIO QUINTANA
Editora: ALFAGUARA
Páginas: 336
Ano: 2013
Edição: 1

A preguiça produtiva é na verdade o método de trabalho da poesia, escreve Quintana. Ela cria o tempo lento - observador, reflexivo, imaginativo - que possibilita o nascimento (ou renascimento) tanto do poema quanto da conversa inteligente entre amigos. O elogio do poeta à preguiça combina-se à rejeição de qualquer discurso grandiloquente. O gaúcho pratica como poucos a arte da conversa por escrito - atravessada de humor, pontuada por pequenas histórias e fábulas, cheia de conceitos preciosos sobre o ser do poético. O poeta proseia. Sem ostentar erudição, mas derramando sedução. E também revelando um pouco de seus encontros cotidianos, passados e presentes, sua existência de rijo cidadão porto-alegrense para além de seus oitenta e alguns anos.



Paypal    Google Site Seguro